Teto Preto (Mamba Negra)

Dos antigos galpões e fábricas desativadas de São Paulo contaminados pela MAMBA NEGRA, surge a banda eletrônico-orgânica Teto Preto. Através do encontro de cenas do improviso, bandas e da música eletrônica nas ruas, casas noturnas e festivais, o grupo desenvolve uma performance sonora que abarca as mais diversas vertentes e timbragens da música brasileira e internacional. Num repertório de colagens, composições e pós-canções, o grupo instaura uma temática fortemente feminina do corpo político reinventado em emoções, sensações, imagens e vertigem.

CARNEOSSO (voz / composição / performance)

Loïc Koutana (performance)

Zopelar (synths / drummachines)

Sávio de Queiroz (synths / drummachines)

William Bica (percussão / trombone)